Lugar do logo é no lado superior esquerdo do site

04/05/2018
notebook com site de descontos aberto, mostrando que para um bom reconhecimento de marca, a logo deve estar no canto superior esquerdo

Olá pessoas, tudo bem?

Muitos designers acreditam que centralizar o logo ou posicioná-lo no canto superior direito fará com que a marca se destaque. Um estudo provou justamente o contrário. Na verdade, não posicionar a logo no lado superior esquerdo pode fazer com que a sua marca não seja lembrada e até mesmo fazer com que seu site tenha péssima usabilidade.

Logo alinhado à direita enfraquece a marca

Um estudo conduzido pelo Nielsen Norman Group concluiu que mais usuários se lembram de marcas quando seus logos são colocados à esquerda, e não à direita. Eles descobriram que o “aumento médio de reconhecimento da marca foi de 89%” quando o logo está à esquerda.

Quando os usuários analisam os sites, o olhar se inclina para a esquerda. Um logo colocado à direita terá menos contato visual, o que resulta em um fraco reconhecimento da marca. Colocar seu logo à esquerda dá mais visibilidade, o que permite que mais usuários se lembrem da sua marca.

No estudo, 128 pessoas participaram navegando em 4 sites de hotéis gringos (Eventi, Hudson, Greenwich e The Edition). As pessoas analisavam os sites originais e outros manipulados, onde a posição dos logos eram trocadas.

Site do Hotel Hudson em duas versões. Uma com a logo à esquerda e outra com a logo à direita

Site do Hotel Hudson em duas versões. Uma com a logo à esquerda e outra com a logo à direita. Fonte: nngroup.com

 

Resultado depois dos testes com os 4 sites:

 

Percebe-se que o reconhecimento da marca se dá muito mais nos sites com o logo posicionado do lado superior esquerdo. Fonte: nngroup.com

Percebe-se que o reconhecimento da marca se dá muito mais nos sites com o logo posicionado do lado superior esquerdo. Fonte: nngroup.com

Os usuários foram significativamente mais propensos a lembrar o nome do hotel quando ele foi apresentado no canto superior esquerdo (em vermelho), em comparação com os logotipos apresentados no canto superior direito (em preto).

Logos centralizados impedem a navegação no site

O  Nielson Norman Group também fez um estudo sobre os logos centralizados. Eles não encontraram um aumento do reconhecimento de marca com os logos alinhados ao centro mais do que os logotipos alinhados à esquerda. Outros fatores de design, como contraste e legibilidade do logo, contribuem mais para o reconhecimento.

Não apenas isso, mas também impedem a capacidade do usuário de navegar até a página inicial. Os resultados mostraram que os usuários são “seis vezes mais propensos” a não conseguirem navegar até a página inicial em um único clique no logo centralizado em comparação com o alinhamento à esquerda.

home da folha de são paulo, que possui a logo centralizada

Será que é uma boa ideia por o menu no canto superior esquerdo?

Os usuários têm o hábito de clicar no elemento mais à esquerda para acessar a página inicial. Se esse elemento não for o logo, eles clicarão no link que estiver naquela posição. Esse erro de navegação pode fazer com que os usuários passem um verdadeiro perrengue para voltar para a página inicial.

Uma maneira de evitar esse erro de navegação é colocar um link “Página Inicial” no lado esquerdo da barra de navegação. Quando os usuários olham para a esquerda para navegar até a página inicial, eles localizam o link e clicam corretamente na primeira tentativa. Essa prática está em desuso, mas pode ocorrer que alguns clientes insistam em ter a logo centralizada. Neste caso, adotar essa prática pode fazer com que o site não tenha problemas de usabilidade.

Logos alinhados à esquerda funcionam melhor

Site com logos posicionados à esquerda funcionam melhor

Se o reconhecimento de marca e a navegabilidade forem importantes para você, siga a convenção de alinhamento à esquerda do seu logo. Os usuários analisam as páginas a partir do canto superior esquerdo, indo da esquerda para a direita da página. Isso significa que os usuários verão mais um logo alinhado à esquerda do que um alinhado à direita ou ao centro.

Diferenças culturais

Na maioria dos idiomas, as pessoas lêem e escrevem da esquerda para a direita, mas há alguns que fazem o contrário. Para estes sites (por exemplo, em hebraico, árabe ou persa), os logos alinhados à direita podem ajudar no reconhecimento da marca e na navegação.

Os testes não foram realizados em sites com essa característica, o que seria bem interessante se fizessem. Independentemente disso, é uma boa prática alinhar seu logotipo no lado em que o olhar do usuário se inclina.

Siga as convenções

Seu logo tem um grande impacto na primeira impressão do usuário. Se não impactar, os usuários terão menor probabilidade de retornar ao site. O alinhamento do logo no header (cabeçalho) desempenha um papel fundamental para ter uma marca reconhecida e lembrada.

página do twitter e facebook com as logos no canto superior esquerdo

O alinhamento à esquerda para logos é uma convenção que os usuários esperam e estão mais familiarizados. Afastar-se disso não tornará sua marca lembrada. Não tente ser diferente desrespeitando um costume que é da maioria. Não adianta ser diferente se não funcionar.

Os hábitos de navegação do usuário devem ditar onde você coloca seu logo. Seguir esta convenção de logo é a melhor maneira de uma marca se destacar.

Para finalizar, segue um trecho do livro Usabilidade na Web, de Jakob Nielsen:

Não deixe que a tecnologia seja um obstáculo na experiência dos seus usuários. Com frequência, designers tecnicamente bem informados são tentados a criar websites mais sofisticados e interativos experimentando interfaces e interações incomuns. Mas, ironicamente, sites que utilizam tecnologia de ponta projetada para atrair o público correm um alto risco de aliena-los quando a tecnologia não funciona de modo transparente.

(..)

Quanto mais avançada for a tecnologia, menos conhecidas serão as convenções de interação para o usuário médio e mais trabalho você terá para simplificar o design.

 

Cya!


Leitura recomendada: Usabilidade na Web – Jakob Nielsen