Quando contratar uma consultoria web

05/10/2018
a imagem mostra um homem e uma mulher sentados à uma mesa em frente a um computador. A imagem tem um efeito degradê em azul e preto e no centro está escrito Consultoria um web com efeito transparente.

Olá pessoas, tudo bem? Espero sinceramente que sim!

Por muitas razões as pessoas preferem criar o próprio site ao invés de contratar um profissional para isso. Hoje temos uma gama de ferramentas, tutoriais e empresas que oferecem o serviço “faça você mesmo e de graça” (convenhamos que não é bem “de graça”. Para obter todos os recursos, você deve pagar por isso).

Se você ainda não tem um site e pensa em criar um por conta própria, neste artigo você terá conhecimento dos problemas mais comuns que prejudicam a performance de um site. Isso não quer dizer que você não vai precisar do auxílio de um(a) consultor(a) web, mas você já pode evitá-los no processo de criação.

Já você, que colocou seu site todo orgulhoso no ar mas ele não está te dando o retorno que esperava, será mesmo que valeu a pena se virar sozinho? Os profissionais da área sabem como ninguém o que faz um site converter. Não existe varinha mágica, mas sim algumas técnicas e configurações que devem ser seguidas para que o seu site rode 100%.

Os consultores web são profissionais experientes que podem te orientar a ajustar e configurar o seu site de maneira correta. Quer saber quando contratar um(a) consultor(a) web? Verifique se o seu site se encaixa em alguns desses tópicos abaixo:

O site está lento

A imagem mostra um caramujo em cima de um cabo de rede em fundo branco

Existem várias razões que podem deixar um site lento. O servidor de hospedagem, toda vez que o seu site é carregado, usa todos os recursos para isso. Se um site está muito pesado ou recebe muitas visitas, muitos recursos desse servidor serão usados e por isso ele pode demorar a carregar ou limitar a quantidade de acesso. Sabe quando o seu computador fica lento quando você abre vários programas ao mesmo tempo? É a mesma lógica.

O que deve ser feito para melhorar a performance do site?

Passos para melhorar a rapidez do site:

  • Melhorias no código. Cada imagem, CSS e Javascript carregado pelo site vai gerar uma nova requisição da página para o servidor. Quanto maior a quantidade, mais tempo o servidor vai levar para atendê-las. O código deve ser enxuto, ou seja, deve ser “minificado” para acelerar o carregamento das páginas.
  • Testar a performance dos plugins e widgets instalados. Eles facilitam muito a vida de quem não sabe programar e precisa aplicar recursos nos sites. Alguns plugins e widgets prejudicam bastante a performance do site, por isso eles devem ser testados para saber se estão pesando e prejudicando a rapidez de carregamento.
  • Verificar se as imagens estão muito pesadas ou se o site tem imagens demais. Por experiência, o ideal é que as imagens tenham peso inferior ou igual a 600kb. Muitos anúncios também podem deixar o site lento. Eles devem ser distribuídos em locais estratégicos e não de qualquer maneira no site, o que pode incomodar os visitantes fazendo com que eles não retornem mais ao site.

Um(a) consultor(a) web vai realizar um estudo profundo no seu site e te orientar da melhor maneira para que todas as melhorias sejam feitas.

 

O site não está bem ranqueado no Google

imagem mostra o resultado de uma pesquisa no Google, onde ao digitar "Site Acessível" o post Exemplo de site acessível aparece em quarto lugar de maneira orgânica

 

O(a) consultor(a) web pode não ser um(a) especialista em marketing digital, mas ele(a) sabe como configurar e otimizar o seu site pra ser bem ranqueado no Google. É o famoso SEO (Search Engine Optimization). As técnicas de SEO trabalham organicamente, ou seja, sem a necessidade de investimento financeiro. onde o foco é a escolha de palavras-chave relacionadas ao seu negócio/serviço que serão aplicadas ao conteúdo.

Técnicas a serem aplicadas

Pesquisa de palavra-chave: Para que o seu site seja bem posicionado no Google você deve trabalhar com palavras-chave com um grande volume de buscas. Para saber quais palavras são essas, podemos usar algumas ferramentas que o próprio Google oferece, como o Google Trends e o Planejador de palavras-chave do Google Ads.

Otimizar os títulos: A palavra-chave escolhida deve aparecer no título do conteúdo. A utilização da tag Title – <title></title> – é fundamental para que a página fique bem posicionada. O Google mostra os resultados mais relevantes das buscas. Se ao realizarmos uma busca e nenhum dos resultados tiver relação com a palavra-chave escolhida, não há como o site ser ranqueado no Google.

Otimizar a meta description: A meta description é uma breve descrição do conteúdo da página. Ela funciona como uma espécie de isca para atrair a atenção e aumentar o interesse pelo clique.

exemplo de meta description do site helle.design onde vem escritoOlá! Sou Hellen Teixeria, User Interface designer especialista em criação de marcas e interfaces. Conheça um pouco do meu trabalho.

Links internos e externos: ter links na sua página contribui muito para aumentar a relevância de busca no Google.

Os links internos direcionam para uma outra página dentro do mesmo domínio, ou seja, no seu próprio site. Isso faz com que o visitante não saia do seu site rapidamente. Inserindo um link de um conteúdo que já existente faz com que o visitante “circule” dentro do seu site.

Os links externos devem ser inseridos de acordo com a relevância do conteúdo. Você deve linkar para um site que, de preferência, seja do mesmo nicho que o seu. Sites com bons conteúdos devem ser indicados sempre que possível. Isso enriquece e da credibilidade ao seu conteúdo. Um bom exemplo é quando citamos o resultado de alguma pesquisa/estudo. O seu conteúdo terá muito mais credibilidade se você linkar a fonte ao invés de jogar a informação no ar.

 

O site não é responsivo ou não tem uma versão mobile

A imagem mostra uma pessoa segurando um celular e está acessando uma loja de sapatos. Ao fundo, uma imagem desfocada de uma loja física de roupas.

 

Esse é bem grave. Se o seu site não está otimizado para dispositivos móveis, isso vai interferir diretamente no ranqueamento: O Google vai ignorar o seu site!

Essa questão pode parecer bem óbvia, já que a maioria das pessoas já acessa conteúdo web diretamente pelo celular, mas acredite, ainda existem sites que ainda não são responsivos ou não possuem versão mobile (há diferenças entre os dois).

Ao contratar uma consultoria web, um profissional vai avaliar o seu site e, dependendo do projeto, dirá se seu site deve ser responsivo ou ter uma versão mobile e te dará as orientações necessárias para a melhor maneira de implementá-la.

 

O site possui problemas de usabilidade

a imagem mostra uma mesa de madeira com um monitor e um teclado. Duas pessoas estão sentadas a mesa. Uma está segurando um tablet com um site aberto e a outra um papel com um desenho (wireframe) do site.

 

Um site lento já é um erro de usabilidade grave, mas existem outros erros que prejudicam muito a performance do site. Um(a) consultor(a) web pode identificá-los e orientar na solução dos mesmos. São eles:

  • Textos difíceis de ler devido ao baixo contraste.
  • Fonte muito pequena.
  • Pop-ups chatos e um monte de anúncios espalhados no site que atrapalham a navegação.
  • A logo da sua empresa não tem destaque no site, fazendo com que o visitante fique perdido, não sabendo em que site está.
  • Conteúdo amontoado, sem espaço entre as imagens e textos.
  • O menu é confuso.
  • Não existe área de contato visível no site.
  • Não há campo de pesquisa no site (dependendo do projeto, é fundamental).
  • O site é um carnaval de cores. Isso faz com que o visitante não reconheça onde está. As cores devem seguir a identidade visual da empresa.
  • As áreas de clique/toque são de difícil identificação. Os botões são elementos muito importantes nas interfaces e merecem atenção.
  • O site não possui recursos de acessibilidade. Com ações simples você pode deixar seu site otimizado para que os portadores de deficiência tenham uma boa experiência ao navegar no seu site. Muitas empresas e instituições já implementaram recursos de acessibilidade nos sites. Muita coisa precisa ser feita ainda, mas um grande passo já foi dado.

Preciso de um(a) consultor(a) web. E agora?

Seu site apresenta alguns dos problemas listados acima? Pensa em criar um site mas não tem muita experiência para aplicar as técnicas de otimização? Se respondeu sim a alguma dessas perguntas, então você precisa contratar uma consultoria web. Com pequenos ajustes, o seu site vai decolar!

Entre em contato comigo e terei um imenso prazer de cuidar do seu projeto. Veja como contratar a minha consultoria AQUI.

Até a próxima!

Consultoria web

Crie você mesmo um site otimizado de maneira correta, pronto para converter!